Olá pessoal tudo bem?

Estes dias uma leitora me perguntou sobre organização de cardápio para a dieta, para a casa e tudo mais! Então resolvi começar a falar sobre esse tema para ajudar quem mora sozinho, quem cozinha, quem não cozinha, quem tem filhos, quem não tem…enfim, vamos começar a nos organizar?

Quanto mais programado for seu cardápio semanal, mais fácil será para as compras, você economiza dinheiro, tempo e garante não sair do seu planejamento com tanta facilidade.

Então, separei as primeiras dicas para organização na cozinha! Nos próximos posts volto a falar sobre o tema!

1) Organize um esquema semanal de tipos de alimentos começando pelo prato principal: as carnes/misturas.

Sim esse é o primeiro passo. Aqui em casa me baseio um pouco no cardápio dos meus filhos da escola, para não repetir muito os pratos mas manter mais ou menos a mesma estrutura.

Então aqui ficou assim:

****segunda-feira – carne vermelha ou frango de fácil preparo-

terça-feira- carne vermelha ou frango (o oposto do que foi na segunda)

quarta-feira- carne vermelha ou ovos

quinta-feira- massa

sexta-feira- peixes

****arroz/feijão- todos os dias com excessão do dia da massa. Meus filhos não trocam arroz por outro carboidrato, então prefiro servir junto. Isso porque é deles, porque se pudesse, pelo menos uma vez por semana usaria quinoa no lugar do arroz. Uso o arroz branco orgânico, e alterno com o integral orgânico (mais difícil de achar).

****legumes- alterno entre os favoritos deles – brócolis, cenoura, tomate, beterraba com outras opções como couve flor, pepino, rabanete. Sempre faço mesmo que não gostem.

****verduras cruas- sempre as mesmas – alface, rúcula, tomate picado ou outros, que são servidos juntos com o que já estão acostumados.

****pratos diferentes: um bolinho de espinafre, uma polenta assada ou um purê por exemplo procuro fazer apenas uma vez na semana ou a cada quinze dias.

Porque na segunda-feira o prato é de fácil preparo? Sábados e domingos almoçamos fora então na segunda, quando a carne chega, não tenho muito tempo para o preparo, então vamos de: carne moída, grelhados…

2) Faça um planejamento de compra semanal.

Como tenho fácil acesso a quitandas, mercados etc, elaborei meu planejamento de forma mais simples e semanal, assim não estoco muitos alimentos e consigo aproveitar as promoções que vão ocorrendo ao longo da semana. Minha rotina ficou assim:

– arroz/feijão e não perecíveis- compras mensais

– carnes- consegui um esquema ótimo para entrega de carnes, então quando os preços nos mercados não são dos melhores, um açougue faz a entrega direto na minha casa, e compro apenas as carnes que realmente vou usar, na quantidade certa e contada para a semana. Isso é ótimo acabo economizando.

– verduras, legumes- compro às quartas-feiras no mercado com promoções ou em uma quitanda de orgânicos. Se sua cidade tem feira de orgânicos, faça a sua compra no dia da feira, vale a pena!

3) Aprenda a congelar e estocar o que não vai usar.

Não desperdice, congele! Já fiz post sobre esse tema AQUI.

Nos próximos posts vou colocar uma planilha para facilitar o cardápio. Para os que vão ao nutricionista e tem o cardápio pronto, faça o cardápio da família se adaptar ao seu, assim fica muito mais fácil!

Até a próxima

Carol

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
About the Author